Pesquisa do IBGE revela que a expectativa de vida no Brasil chega aos 75,8 anos

De acordo com pesquisa anual realizada em 2016 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média da expectativa de vida dos brasileiros teve um pequeno aumento em relação ao ano anterior, chegando aos 75,8 anos. A entidade destacou que pequenas elevações vêm sendo registradas ao longo da década, aumentando, desde 2006, 3,5 anos.

Levantamentos anteriores efetuados pela entidade apontam que de 1940 até 2016, a esperança de vida no país, em geral, aumentou 30,3 anos, passando de 45,5 para 75,8, respectivamente.

A estatística relativa ao estudo de 2016 mostrou que o estado com a maior longevidade foi Santa Catarina, onde a população, em média, alcança os 79,2 anos de idade, superando em mais de 3 anos a média do país. Distrito Federal, São Paulo e Espírito Santo aparecem na sequência superando os 78 anos.

Em contrapartida, os estados do Amazonas, Alagoas, Piauí, Roraima e Rondônia, que apareceram no fim da lista apresentando menos de 72 anos de vida, foram superados por Maranhão que registrou um pouco mais de 70 anos.

Segundo Fernando Albuquerque, gerente de População e Indicadores Sociais do IBGE, na média da população brasileira consta que as mulheres têm maior propensão à longevidade do que os homens, podendo atingir as idades de 79,4 anos e 72,2 anos, respectivamente. Na realidade, sempre houve, conforme os registros dos dados de pesquisas passadas, certa discrepância entre as idades de mortalidade de homens e mulheres. Albuquerque declara que a diferença pode diminuir, porém sem a possibilidade das idades se igualarem.

Um dado muito interessante e relevante sobre as condições de segurança é o fato de que o Rio de Janeiro, com seu registro de expectativa de vida superando os 76 anos, perdeu o posto de Estado que mais segue lutando contra óbitos não naturais dos jovens. O número de mortes violentas registradas no Rio passou de 37,5% para 16,4%. Já em São Paulo o percentual elevou de 33,1% para 36,5%.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *