Carreiras nas diversas área da saúde continuam promissoras

A expectativa de vida das pessoas aumentou nos últimos anos, e como é de se esperar diante das tecnologias e inovações em relação à qualidade de vida da população, a humanidade viverá cada vez mais. É por esse motivo que as carreiras ligadas à saúde são tão favoráveis ao mercado e importantes às pessoas.

Os que atuam na medicina podem atuar em hospitais, consultórios próprios, clínicas, empresas e postos de saúde. Há a possibilidade de fazer especializações para focar em um público individual, uma das áreas que está em alta e que aumentará nos próximos anos é a geriatria, ciência que cuida e dá assistência ao envelhecimento, fato ligado diretamente ao novo perfil da população.

Como sempre vemos nas notícias, a cirurgia plástica também cresce. No Brasil são efetuadas mais de 900 mil cirurgias plásticas ao ano, dado que coloca o país no segundo lugar no ranking de cirurgias deste tipo.

A biomedicina, por outro lado, estuda e classifica microrganismos causadores de doenças, além de meios de tratamento e cura para as doenças. Essa área possui um grande leque de atuação, são mais de 30 opções: análise clínica, banco de sangue, radiologia, reprodução humana, diagnóstico por imagem etc.

No cenário de cuidados, os enfermeiros supervisionam a equipe de técnicos e auxiliares, coordenam os procedimentos e atendem pacientes de todos os níveis de complexidade. O que faz a profissão se manter no hall do crescimento é a alta taxa de empregabilidade. Outro fator: muitos profissionais que trabalham com enfermagem não são graduados. Por esse motivo também, o enfermeiro formado na área tende a ser ainda mais disputado no mercado da saúde.

A especialização que garante mais contratações é na área de home care. A cada ano esse nicho cresce 5% em todo o país. Essa porcentagem tende a crescer cada vez mais de acordo com o aumento da expectativa de vida da população mundial, além da tendência da hospitalidade chegando aos cuidados médicos.

Atualmente, a área médica alcança lugares que antes não tinham esse tipo de suporte, aumentando a atuação desses profissionais. Um exemplo disso é o atendimento em área indígena que aumentou 400% de 2014 a 2018.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *